Você já sabe que o que modela nossas ações e atitudes corporativas é a comunicação interpessoal e neste teor tudo gira em torno do crescimento pessoal e de grupo dentro de qualquer organização.

Nossas palavras conduzem tudo dentro de todas as empresas, mas isto não é visto desta forma, pois aprendemos a brincar com as palavras sem levar em conta o contexto em que ela se encontra. Exemplo de tudo que acontece está no teor em que as palavras estão sendo emitidas. O que não se tem consciência e que uma palavra anunciada não tem como retornar.

Então e preciso entender que o contexto em que emito as palavras tem que ser levado em conta pois sempre no conteúdo delas existe uma intenção oculta e até mesmo uma expressão clara. Então quando você for falar e importante que tenho consciência plena que pode transformar a vida de alguém, o detalhe e que pode leva-la ara o em ou para mal.

Não conseguimos jamais estornar um erro de intenção quando anunciamos nossas palavras, é importante dizer que toda palavra existe uma intenção oculta dentro dela. Na verdade, queremos constantemente passar adiante nossas verdades o que nem sempre conseguimos, pois muitas vezes não estamos conectados com o meio em que quero exaltar minhas necessidades. Desta forma quando falo dentro do contexto interior e não do contexto externo, não tenho consciência de que minhas cobranças não são coerentes com que falei e por isso nunca existe na maioria das vezes congruência, e ai que percebemos que muitas vezes os colaboradores em qualquer setor não se ligam no que é falado e não praticam o que precisa ser praticado.

O detalhe e que não e por maldade e sim por não conseguir relacionar as palavras com a vida pratica, por isso dentro de qualquer organização empresarial e ate mesmo de forma interpessoal o problema e a comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *